TORNA-TE QUEM TU ÉS!

Quando estamos dentro de um buraco olhamos pra cima.
Isso não quer dizer que aquele que esteja em pé a sua borda
seja obrigatoriamente superior.
Ele está mais alto apenas porque quem olha está mais baixo,
e quando ele estende a mão é para colocar-nos em seu nível.
Se não temos a mente aberta, isso não quer dizer que quem tenha seja superior, só quer dizer que ainda não saimos de nosso buraco.

Platão se referia à caverna, eu me atenho ao buraco,
onde aquele que vagueia pela escuridão do seu fundo
é o homem em estado de alienação.
É aquele que se deixa levar pelas verdades dos outros
e por dogmas cuja racionalidade facilmente destrói.
Pensemos, racionalizemos, fujamos da penumbra do raciocínio.
Escalemos as paredes do buraco de nossa ignorância para atingir a luz da razão.

Nenhum comentário: