TORNA-TE QUEM TU ÉS!

A felicidade é para os ignorantes, pois só os ignorantes são felizes, mas sua busca sintetiza a mais inteligente aspiração humana.
A conquista da estabilidade emocional, portanto existencial, é talvez a fantasia mais perseguida por esse bípede transtornado que é o ser humano.
Cada um tem seu ideal, cada um tem seu quadro pintado, elaborado e cuidadosamente pincelado em infinitos e complicados matizes de desejos.
O que é a verdade a não ser o entendimento de cada um.
A felicidade bóia num copo d̕agua para o sedento, está na gravidez para a gestante e num beijo para os apaixonados.
E depois da sede saciada, e depois do parto finalizado, e depois do beijo dado?
A busca continua, o inferno se estende. O desejo é um buraco sem fundo.
O desejo é real, a fome é real, mas a saciedade é uma ilusão.

Nenhum comentário: