TORNA-TE QUEM TU ÉS!

Arte é a produção de sentimentos, é a materialização de impressões.
Seja em que esfera for, na área plástica, na música ou na literatura.
A forma e o significado é dado por cada um. Porém o observador pode entender determinada obra até de uma maneira oposta a que o criador entende. Peneiramos com o cérebro o que nos chega pelos sentidos e através desse entendimento criamos nossas próprias definições. Por isso que sempre afirmo que a verdade nada mais é que uma interpretação. Cada um tem a sua.
Cada cérebro entende à sua maneira e tem uma forma peculiar de absorver e processar a informação.
É muito importante que essa idiossincrasia seja burilada, seja esculpida através de leituras e buscas incessantes de conhecimento.
O material é vasto, o interesse infelizmente nem tanto, por conseguinte, muitos compreendem de forma equivocada a mensagem enviada, pois a falta de um pensamento crítico prejudica profundamente o entendimento da informação.
Para que possamos engrandecer nosso poder de entendimento o primeiro passo é não impedir a informação de chegar até nós por preconceito. A própria palavra já define sua limitação: Pré- conceito. Conceituar previamente, sem absolutamente nenhum conhecimento daquilo, já julgamos, condenamos e executamos.
Venha de onde vier, é informação. Não limitemos nosso cérebro ao que equivocadamente julgamos como certo e errado. Raciocinemos.

Nenhum comentário: