TORNA-TE QUEM TU ÉS!

Canabis.


Criar uma lei que vai de encontro a liberdade individual é pedir para essa lei ser descumprida.
Normatizar repressivamente o que por princípio deveria ser respeitado como livre exercício da opinião e consciência é sem duvida querer punir o leão por ele devorar o domador.
Não se pode nem externar conceitos a respeito do tema, sendo as opiniões positivas ao consumo, pois é crime de apologia.
Quer dizer, falar contra pode a favor nao. É crime.
Concordo plenamente e não discuto que se levarmos em consideracao o grau de desenvolvimento sócio-econômico que o Brasil se encontra, liberar a maconha seria um caos.
Não que uma liberação fizesse quem não fuma vir a fumar, mas se ha tantos problemas com as drogas que já são liberadas, porque liberar mais uma?
Porém culpar quem fuma maconha por homicídios não acho justo. É um raciocinio perigoso pois parte do pressuposto da obediência cega a leis que reprimem o exercício do ato consciente.
Se o governo decide que a maconha prejudica o ser humano, podem existir seres humanos que discordem dessa opinião. Só porque é lei, isso não quer dizer que seja a verdade absoluta.
Há uma grande difrença entre descumprir uma lei vitimizando uma outra pessoa e descumprir uma lei utilizando no seu próprio corpo conscientemente substancias quimicas. É o chamado crime sem vítima. O que tento dizer é que o ser humano é livre para decidir, não precisa ser reprimido ou preso por tomar uma decisao em relação a si mesmo.


Um comentário:

М α я ј O я i e disse...

concordo plenamente! as pessoas preferem acatar a lei, sem pensar se ela trará melhorias pra toda a população.
se todos tivessem consciencia que cada um faz o que quer porque quer fazer e não porque lhe é imposto, as coisas estariam bem difentes hoje.
proibir nunca funciona. o ser humano precisa experimentar tudo pra saber o que é bom pra ele. os mais espertos aprendem com o erro dos outros, mas quem garante que o seu errado é o mesmo que o meu?
pensamos, logo temos consciência, a minha diz o que é bom ou não pra mim. e é assim com todos, cada um faz o que quer fazer, ninguém pode impedir, fumar um baseado não fere ninguém além de quem o consome, agora atentar contra a vida de alguém... não podemos enxergar como crime acender um baseado! os mais inteligentes sabem que tudo não passa de uma questão financeira e preconceituosa.